Água virtual: você consome, mas não vê

Consumo de água potável
O consumo de água vai além do que você bebe

Você sabe o quanto de água consome por dia? Mesmo considerando a quantidade de água que bebe, o tempo que leva no banho, entre outras atividades do dia em a utilização do recurso hídrico é nítida, não seria possível responder a essa pergunta, pois existe um consumo de água que não é perceptivo aos olhos: água virtual.

A água virtual corresponde ao volume de água utilizado na produção de bens de consumo e serviço do cotidiano, como carros, roupas e alimentos. É a água que você está consumindo, mas não está vendo. Desta forma, é possível concluir que diariamente gastamos uma quantidade de água muito maior do que de fato consideramos. Apesar de ser extremamente difícil analisar diariamente a nossa água virtual, algumas informações são essenciais para adotarmos ao consumo consciente.

Surgimento da água virtual

O conceito de água virtual surgiu em 1990 pelo geógrafo norte-americano John Anthony Allan (apelidado de Tony Allan), que recebeu o “Prêmio da Água de Estocolmo” em 2008 pelo desenvolvimento deste termo que estabelece uma crítica na alta da utilização de água na medida em que aumentamos a produção e o consumo.

Água virtual do dia a dia

Para entender melhor a água que foi utilizada em todo o processo de produção de alguns consumíveis, segue exemplos:

Com certeza, alguns desses produtos, você não imaginava que utilizava tanta água para ser produzido.

Pegada Hídrica

Agora que já lhe apresentamos o conceito de água virtual, vamos à concepção de pegada hídrica – consiste no tipo de água utilizada no processo produtivo de um determinado produto, sendo classificada como:

O uso de água para produção pode ser dividido em três categorias
  • Verde – Chuva
  • Azul – Superfície ou debaixo da terra
  • Cinza – poluída

Enquanto a pegada hídrica considera o tipo de água utilizada, a água virtual analisa apenas a quantidade total embutida.

Água virtual e a exportação

Não apenas individualmente por cada pessoa, a água virtual mostra a sua importância por meio de negociações entre países. Através do mercado internacional, um país pode consumir de forma abundante a água de outro país. Ao comprar um produto do exterior, o país importa, virtualmente, a água usada no processo de produção. Dessa forma, o país comprador está economizando o seu recurso natural. A China, por exemplo, é um grande comprador da commoditie de soja do Brasil, sendo que a produção de soja consome, entorno de, 2 mil metros cúbicos de água por tonelada. Vale ressaltar que o Brasil é um dos maiores exportadores de água virtual.

O meio ambiente agradece

consumo consciente de água

A água é essencial a vida, sendo um dos recursos naturais mais preciosos do planeta. É importante obtermos conhecimento sobre o consumo invisível aos olhos para buscarmos soluções sustentáveis e mudanças de hábitos. O conceito de água virtual nos auxilia a identificar o impacto que causamos no meio ambiente, além de ser uma ferramenta que colabora também com a gestão política. Com esse conhecimento, comece a sua transformação e diminua o desperdício através do consumo consciente! 😉

Produtos sustentáveis para o seu dia a dia

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.